Principais doenças causadas pela obesidade

Nas últimas décadas, a obesidade se tornou um tema amplamente discutido em âmbito global, devido ao crescente número de portadores dessa condição e dos males que ela pode ocasionar. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, estima-se que uma em cada três pessoas esteja acima do peso no planeta, e as maiores causas do problema estão na má alimentação e na adoção de um estilo de vida sedentário.

Atualmente, pesquisas e estudos realizados sobre essa questão apontam que as taxas de mortalidade entre os obesos são bem superiores as pessoas que estão em sua faixa de peso ideal. Isso acontece pois o excesso de gordura no corpo humano tem o potencial de agravar problemas de saúde e gerar uma série de doenças físicas e psicológicas, como as que veremos a seguir.

Hipertensão – Os indivíduos que sofrem de obesidade possuem maiores chances de terem seus vasos sanguíneos comprimidos em razão principalmente do consumo excessivo de alimentos que fazem mal à saúde. Essa compressão dos vasos é o que resulta na pressão alta.

Hipertrofia Ventricular – É uma doença cardíaca, ocasionada pelo aumento do músculo do coração. Essa patologia atinge aos obesos pois o coração dessas pessoas precisa trabalhar mais do que deveria para sustentar seu peso e a estrutura corporal.

Apnéia – É uma doença séria que gera paradas respiratórias involuntários enquanto os indivíduos obesos estão dormindo. Isso ocorre pois essas pessoas possuem excessos de gordura nas áreas do pescoço e do tronco, o que dificulta a respiração e ocasiona um fechamento repentino da faringe.

Depressão – Portadores de obesidade possuem uma tendência mais elevada de desenvolverem um quadro depressivo em função de sua autoestima baixa que os torna inseguros em relação ao próprio corpo e atrapalham as relações sociais e pessoais.

Diabetes do tipo 2 – Apesar da diabetes ser, em muitos casos, causada por fatores genéticos, a doença também afeta mais facilmente as pessoas que estão acima do peso. Isso acontece porque o excesso de peso causa uma resistência do organismo à insulina, que é o hormônio responsável pela regulação dos níveis de glicose. Sem que haja essa regulação, as chances de desenvolver a diabetes do tipo 2 crescem consideravelmente.

Tratamento

O modo mais simples e natural de combater a obesidade é através da adoção de práticas saudáveis que incluem a ingestão de alimentos benéficos à saúde e a realização de exercícios físicos.

Em alguns casos, os médicos podem solicitar o uso de remédios, porém, estes devem ser utilizados temporariamente e apenas sob recomendação médica.