Dicas para emagrecer
Três passos simples para emagrecer com saúde

Emagrecer não é fácil, mas há medidas que podem ser tomadas rapidamente para conseguir iniciar o processo

Todo começo de ano, a mesma cena: muita gente inicia a dieta e paga um plano na academia para cumprir a promessa de “ficar fitness”. Ou, pelo menos, recuperar a saúde perdida com o excesso de peso. Nenhum problema nisso, fora o fato de que esse tipo de empolgação não costuma durar mais do que três meses e não leva a uma vida mais saudável efetivamente.

 

Para ajudar no intento de perder peso e ganhar saúde, sugerimos três passos simples, que vão levar aos resultados com mais facilidade:

 

  • Busque escolher a atividade de física de acordo com seu perfil pessoal. Pode parecer uma coisa óbvia, mas muita gente opta pelo combo “aeróbico + musculação” oferecido pela maioria das academias ou pela corrida apenas pela praticidade ou por modismo. Fato é que quando não se gosta de fazer algo, manter-se na atividade começa a parecer uma tortura. Por isso, antes de se fixar em apenas uma modalidade ou fechar um contrato naquela academia enorme, vale pensar em que tipo de esporte você se encaixa melhor e testar diversos tipos de atividades, até encontrar aquela(s) que mais propicia(m) prazer. Assim fica mais fácil acordar animado para se exercitar.
  • Seja realista na reeducação alimentar. Vai passar com o nutrólogo ou nutricionista? Vale pedir uma dieta que se encaixe a sua realidade. Se você trabalha o dia inteiro na rua, não vai conseguir se alimentar com marmitas, por exemplo. É preciso adequar o cardápio ao dia a dia a fim de que as mudanças sejam feitas de forma menos complicada.
  • E já que falamos de nutrólogo, marque uma consulta com um médico especialista em perda de peso. Tanto o nutrólogo quanto o endocrinologista podem ajudar – e muito – no processo de emagrecimento. Basicamente, o médico vai fazer uma análise completa de sua saúde, pedir exames laboratoriais e avaliar qual o melhor tratamento a ser adotado. Isso pode significar intensificar a dieta e os exercícios, mas também pode requerer o uso de emagrecedores como a sibutramina ou a anfepramona (liberados no Brasil pela Lei 13.454/2017) ou, em casos extremos, até mesmo uma cirurgia bariátrica.

    Lembre-se: antes de querer um corpo perfeito, busque ter uma saúde perfeita.